Espécies

Azulzinha – Cuidados ao cultivar e como fazer muda da flor azul

A azulzinha é uma flor tipicamente sul americana, facilmente encontrada em canteiros e jardins pelo Brasil e comum também no Paraguai.

Por Rafaela de Almeida

A azulzinha, como seu nome sugere, é uma flor de pétalas azuis muito comum na América do Sul, principalmente no Brasil e Paraguai. São consideradas plantas perenes e rasteiras que, além disso, não crescem muito, atingindo cerca de 30 a 40 centímetros.

As folhas dessa espécie de flor são pequenas, ovaladas e muito delicadas. Geralmente, o cultivo da azulzinha é, especialmente, em ambientes abertos, como jardins e canteiros, visto que se desenvolvem no chão e cantos de paredes e muros. No entanto, essa flor também pode ser cultivada em vasos.

As flores da azulzinha são delicadas e arredondadas em tom azul claro, quase ciano. Além disso, a azulzinha é capaz de florescer durante todo o ano, mas na primavera suas flores brotam com mais facilidade.

Cuidados ao cultivar azulzinha

Assim como todas as plantas, a azulzinha exige alguns cuidados. Embora seja uma planta fácil de ser cultivada nos jardins de casa, essa flor requer cuidados, como regas regulares e solo fértil.

Fonte: Que Planta É Essa?

Frequência de luz solar

A azulzinha é uma planta resistente e adaptável. Por isso, locais bem arejados e com sol constante são bons espaços para cultivá-las. Além disso, as flores podem ser plantadas em vasos e colocadas em ambientes de meia-sombra, mas que possuam alguns períodos diários de luz direta.

Para cultivar a azulzinha, é necessário manter seu solo bem drenado, por isso a mistura do substrato usado pode levar húmus ou areia, por exemplo. Além disso, é recomendado o uso de adubo orgânico ou fertilizantes para contribuir em seu desenvolvimento.

Regas regulares são necessárias

Para o cultivo dessa flor é necessário manter as regas frequentes, principalmente durante épocas mais secas do ano, como verão, por exemplo. Regas diárias podem ser suficientes, mas sempre observe a umidade do solo.

Azulzinha: uma flor azul delicada e resistente para os jardins
Fonte: Pinterest

Adubagem

Durante o cultivo das flores, é necessário adubar de tempos em tempos para que elas cresçam saudáveis. Por isso, a adubagem pode ser feita com intervalos espaçados de 3 em 3 meses, por exemplo. Além disso, podem ser usados compostos orgânicos e esterco de animais.

Como fazer muda de azulzinha?

Para fazer novas mudas de azulzinha e propagá-las, seja pelos canteiros do jardim ou plantar em vasos, é muito simples. A principal forma de fazer mudas de azulzinha é usar estacas. Esse tipo de técnica é muito conhecida e eficaz para plantio.

Assim, comece separando um local, que pode ser o local definitivo ou um berçário, para acomodar as estacas. Em seguida, prepare o solo usando substrato, que pode ser a mistura de um pouco de terra, areia e húmus. A terra bem drenada contribui para o crescimento das pequenas mudas da planta.

Fonte: Planta Sonya

Para retirar as estacas da azulzinha, basta cortar um pedaço do caule, tomando cuidado para escolher uma parte saudável. Faça o corte da estaca na diagonal, usando um objeto afiado e limpo, como uma tesoura ou uma faca.

Feito isso, coloque a estaca da planta no recipiente com o substrato já preparado e regue com um pouco de água, sem encharcar a terra usada. Se necessário, empurre levemente a terra para firmar a estaca no solo.

A melhor época para retirar estacas das flores de azulzinha é próximo aos tempos de chuva. Enquanto em algumas regiões, o inverno pode ser o melhor período.

Desenvolvimento das mudas

Leva algumas semanas para que as mudas comecem a formar raízes. Por isso, é importante acompanhar o crescimento da planta durante esse período. Além disso, forneça condições necessárias para que as mudas possam se desenvolver, como regas regulares e luz solar.

Azulzinha: uma flor azul delicada e resistente para os jardins
Fonte: Jardineiro Amador

Em relação à luz solar, embora a azulzinha seja uma planta resistente e tipicamente de sol pleno ou meia-sombra, é ideal que as mudas não passem longos períodos expostas a luz, pois nessa fase são sensíveis. Assim, deixe-as em um ambiente bem iluminado, mas não sob luz direta.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também: Como plantar mamão – Passo a passo e dicas para o plantio

Fontes: Minhas Plantas, Planta Sonya, Faz Fácil.

Imagens: YouTube, Jardineiro Amador, Que Planta É Essa?, Pinterest, Planta Sonya.