Espécies

Corações-emaranhados – Características, como plantar e cuidados

As plantas corações-emaranhados são ótimas opções para quem busca plantas delicadas, mas ao mesmo tempo charmosas e diferentes.

Por Rafaela de Almeida

Como o seu nome sugere, corações-emaranhados é uma planta que tem como principal característica o formato de suas folhas.

Dessa forma, diversos corações descem em um caule que pode chegar a 4 metros de comprimento. Sendo perfeito para a decoração em vasos suspensos, trazendo uma beleza inexplicável para o ambiente.

A folha dos corações-emaranhados possui uma tonalidade verde escuro e um efeito marmorizado em branco, extremamente elegante. Ao longo dos meses mais quentes é possível observar o nascimento de flores em tons de rosa e roxo, que ainda produzem fruto, porém caem com bastante facilidade.

Características da planta

Essa planta é uma ótima opção para a decoração de ambientes internos e até mesmo exteriores, desde que sejam cobertos. E, apesar de ser uma suculenta, como é possível observar em suas folhas que são mais grossas para o armazenamento de água, não resiste ao sol intenso durante todo o dia. 

Corações-emaranhados: uma planta muito fofa para a decoração
Fonte: Revista Jardins

Essa planta vai ter sua beleza ainda mais destacada quando plantada diversas mudas no mesmo vaso. Trazendo assim mais robustez e atenção para ela. Além disso, quando são cultivadas ao ar livre, atraem beija-flores.

Esse é o tipo de planta que quanto mais, melhor. Sendo assim, uma forma de aumentar o seu volume é pegando os tubérculos que vão surgindo na planta e colocando-os em um recipiente que contenha água, e então é só esperar que ela comece a se desenvolver para devolvê-las ao vaso.

Durante o seu desenvolvimento, o ideal é seguir todas as indicações quanto a iluminação, água e solo. Afinal, essa planta necessita de um pouco mais de atenção. Portanto, ela não é o tipo de planta ideal para se ter em casa caso você tenha dificuldade de lembrar da frequência de cuidados.

Cuidados com a corações-emaranhados

Diferente de outras suculentas, essas plantas não necessitam de exposição solar por mais de 2 horas, refletindo diretamente em sua aparência.

Os sinais do excesso de sol podem ser percebidos com facilidade, como as folhas secarem ou ficarem murchas. É necessário evitar também que ela receba luz do sol entre as 10:00 e as 16:00, que geralmente a luz está mais intensa.

Frequência ideal de rega para corações-emaranhados

As diferenças entre a corações-emaranhados e outras suculentas é sua relação com a água. Pois, apesar da sua cavidade para armazenamento de água, é necessário que ela seja regularmente regada, porém, sem alagar a terra. Além disso, evitar que a terra seque completamente entre uma rega e outra.

Corações-emaranhados: uma planta muito fofa para a decoração
Fonte: Assim Que Faz

É indicado que ela seja regada pelo menos 2 vezes por semana. Caso essa planta esteja em um ambiente interno, mantenha a rega na parte inferior da planta, ou seja, na raiz.

Isso porque nesse tipo de ambiente a água demora mais a evaporar, o que permite a proliferação de seres indesejáveis como os pulgões ou fungos.

Existem alguns sinais que devem ser observados e ajudam na regularização do processo de rega, por isso, caso as folhas estejam enferrujadas, pode indicar que sua planta necessita ser regada com mais frequência.

Agora, caso o caule esteja mais marrom do que verde e bastante fragilizado, indica que a planta está com excesso de água.

Solo

Para que ela se desenvolva e cresça com facilidade, o solo precisa estar sempre enriquecido com matéria orgânica além de ser adubada pelo menos 1 vez por mês durante a primavera e o verão. Por isso, compostos orgânicos e outros tipos de componentes como fertilizantes, por exemplo.

Fonte: Plantas Flores

Outros pontos importantes ao cuidar dos corações-emaranhados

Como o cuidado com essa planta é mais intenso, existem formas de facilitar o trabalho de quem cuida dela. Por exemplo, na hora de escolher o vaso, o mais interessante é optar por aqueles feitos de barro ou cimento, pois, dessa forma eles facilitarão a adaptação da planta. 

Corações-emaranhados: uma planta muito fofa para a decoração
Fonte: Parada Obrigatório

Se for utilizar materiais como plástico ou alumínio, observe se a terra está seca antes de promover outra rega. Isso porque o acúmulo pode afetar negativamente a corações-emaranhados, resultando no enfraquecimento do seu caule ou no apodrecimento de sua raiz.

Uma das possibilidades para sua apresentação é por meio de vasos suspensos. Porém, por ser uma planta não tóxica, não tem problema ficar mais próxima do chão, pois não irá afetar na saúde de crianças ou animais domésticos.

Gostou desse post? Se curtiu, veja também como cuidar de samambaias.

Fontes: Selvva, Uol, Jardineiro Net.

Imagens: Jardim de Josi Cardoso, Bem Lhe Quero, Revista Jardins, Selvva, Assim Que Faz, Plantas Flores, Parada Obrigatória.