Dicas

Plantas na água – Tipos, cuidados e dicas de como usá-las na decoração

As plantas na água tornaram-se muito famosas. Além de muito usadas na decoração, também são ótimas opções para quem busca facilidade ao cuidar.

Por Rafaela de Almeida

-

As plantas na água ficaram muito conhecidas por serem ótimas opções de decoração em casa. Algumas espécies se desenvolvem bem em recipientes com água e também em vasos, por exemplo.

Entretanto, não são todas as plantas que podem ser cultivadas na água. A técnica para fazer o cultivo em água é chamado de aquicultura.

Para fazer o uso das plantas imersas em água na decoração é muito fácil. Escolha vasos que valorizem a formação das raízes e que trazem charme ao ambiente.

Além disso, não há a necessidade de grande manutenção e cuidados com as plantas na água. O recomendado é sempre fazer a troca da água e se atentar às necessidades da espécie em relação à exposição solar.

Algumas das plantas mais comuns a serem cultivadas na água são as jiboias, a costela de adão, muitas flores entre outros tipos de plantas.

Cuidados com as plantas na água

Assim como todas as plantas, as plantas na água também requerem cuidados. Uma boa manutenção garante que as raízes não apodreçam, ou que as folhas amarelem, por exemplo.

Fonte: Ciclo Vivo

Além disso, os cuidados também evitam que mosquitos da dengue ou doenças apareçam e possam prejudicar o desenvolvimento das plantas.

Como dito anteriormente, as plantas necessitam da troca constante de água em seus recipientes. A troca pode ser feita em dias alternados ou quando for percebida a necessidade, por alguma razão, fora desse período.

Além da água por si só favorecer o desenvolvimento das plantas, também podem ser adicionados substratos líquidos que ajudem no crescimento.

Além disso, o recipiente da planta também precisa ser higienizado ao serem feitas as trocas de água. O contato com a luz solar também se faz importante.

Fonte: Atacadão Flora

Muitas dessas plantas que são cultivadas em água são de meia-sombra, isto é, não necessitam de luz direta, mas precisam de algumas horas de exposição.

Para garantir que o desenvolvimento das plantas na água seja saudável, confira se o recipiente tem tamanho suficiente para que ela cresça. Observe se a saída do recipiente tem tamanho suficiente, principalmente no caso de garrafas. Com o desenvolvimento pode ser inviável mantê-las em vidros menores.

Algumas plantas que podem ser cultivadas na água

Existem diversas opções de plantas que podem ser cultivadas na água, como:

  • Espada de são Jorge

Conhecida por ser uma planta que traz proteção à casa, a espada de são Jorge é muito encontrada pelos lares, sendo cultivada em terra.

Contudo, além do plantio mais comum, é possível plantá-la em vasos com água. Para replantar em um recipiente com água, basta arrancar uma das folhas, com raízes, lavar a planta e colocá-la no vaso. Coloque água até o caule, geralmente a parte mais escura da folha.

Fonte: Sapo LifeStyle
  • Costela de adão

Muito usada na decoração, a costela de adão ficou famosa pelo charme que traz aos ambientes. Além do plantio em terra, também pode ser colocada como uma das plantas na água.

Plantas na água - Tipos, cuidados e dicas de como usá-las na decoração
Fonte: Decor Fácil
  • Jiboia

Assim como a costela de adão, as jiboias tornaram-se muito famosas nos últimos tempos como parte da decoração de muitas casas.

A jiboia é uma planta que se desenvolve com muito caimento, fica ótima pendurada em estantes, por exemplo. Para plantar em vasos de água, é preciso cortar uma muda de outra planta, o corte precisa ser feito na diagonal e o ramo cortado precisa ter pelo menos seis folhas.

Plantas na água - Tipos, cuidados e dicas de como usá-las na decoração
Fonte: Pamela Wille Fotografia
  • Dracena

Dracena ou Pau d’água é uma planta com aspecto bem tropical. Por isso, os melhores ambientes para que ela se desenvolva são aquelas mais iluminados, mas que o vaso não chegue a ficar longos períodos no sol.

Por ser bem resistente, se desenvolve rapidamente em ambientes internos, sendo uma das opções de plantas na água.

Fonte: Casa Vogue

Pileas

De origem chinesa, as pileas são plantas ornamentais. Possuem folhas arredondadas que podem chegar até 10 centímetros de diâmetro, em galhos longos. Além disso, para os chineses é considerada a planta do dinheiro, podendo trazer prosperidade para a casa.

Plantas na água - Tipos, cuidados e dicas de como usá-las na decoração
Fonte: Pinterest

Como usar as plantas na água na decoração

A maioria das espécies que podem ser cultivadas em água não necessitam de muitos cuidados, por isso podem ser colocadas em todos os ambientes da casa, até mesmo no lavabo.

Apesar de a maioria ser muito adaptável, é importante que elas tenham condições necessárias para sobreviver, como luz solar e ventilação.

Usando vasos de diferentes tamanhos, cores e formatos

Para compor a decoração dos ambientes, podem ser usados vários tipos de vasos. A única indicação é que o topo do vaso não seja muito afunilado, já que a planta precisa de espaço para sair do interior do recipiente.

Além disso, potes também podem ser reaproveitados, vidros de geleias, compotas, garrafas, entre outros.

Existem muitas opções, algumas mais elaboradas. Algumas variações de vidros lisos ou com relevo. Solte a imaginação.

Fonte: Revista Artesanato

Jardim suspenso

Além do mais comum que é o uso dos vasos em prateleiras ou mesas, as plantas na água também podem compor um belo jardim suspenso. Algumas plantas podem ser colocadas em macramês, que são apoios de parede feitos de tecido, geralmente crochê.

Plantas na água - Tipos, cuidados e dicas de como usá-las na decoração
Fonte: Pinterest

Então, o que achou da matéria? Se gostou, confira também como plantar alho e abacate 

Fontes: Casa e Festa, Blog da Plantei, A Gazeta, Casa Cláudia.

Imagens: Uol, Pinterest, Ciclo Vivo, Atacadão Flora, Sapo LifeStyle, Decor Fácil, Pamela Wille Fotografia, Casa Vogue, Revista Artesanato.