Espécies

Caladium – O que é e quais são os tipos mais comuns dessa planta

O caladium é um tipo de planta muito utilizada na decoração de ambientes internos e jardins. Além disso, existem inúmeras espécies.

Por Rafaela de Almeida

-

O caládio, ou caladium, queridinho no mundo da decoração, voltou. Essa planta, em todas as suas cores e variações, é perfeita para manter o seu ambiente com grande charme e elegância.

Dessa forma, com folhas grandes e finas, tem sido bastante utilizada por todos, afinal é uma planta extremamente versátil e se adequa a todos os tipos de tendências.

Possuindo algumas colorações diferentes, o caládio ou tinhorão, como é conhecido em alguns lugares, era bastante utilizado pelas gerações passadas.

Assim, devido sua aversão à iluminação direta, pode ser muito usada em ambientes internos, seja para ser coesa na decoração minimalista, ou para trazer um toque de cor ao interior do seu lar.

Suas folhas são o que mais chamam a atenção nesta planta, pois possuem padrões únicos de manchas, se assemelhando muito com pinturas em aquarela. Podem aparecer em combinações de duas ou mais cores, em tons de vermelho, rosa, branco e verde.

Tipos de caladium

A diversidade do caladium é muito grande, existindo mais de 1000 tipos. Porém, é possível categorizá-las de acordo com as suas cores presentes em sua folhagem, sendo esse o seu maior atrativo.

Fonte: Atelier Colorato

Existem o caladium bicolor, aqueles que possuem duas cores em suas folhas exuberantes. Outro tipo de caladium é o caladium branco, ideal para quem quer inserir plantas para sua decoração, mas não quer que sejam conflitantes com os objetos do ambiente e o caladium rosa.

O caladium rosa é o que precisa de mais cuidado, pois necessita estar em um ambiente mais iluminado e ser regado com mais frequência. No entanto, o esforço vale muito a pena, pois pode ser uma peça central para sua decoração, de preferência em áreas externas.

Algumas dicas para manter essa planta saudável

Mas cuidado, apesar de bonita, também pode ser tóxica. Dessa forma, o seu contato com as mucosas do corpo humano podem causar irritações, assim como as folhas da costela de adão. Isso acontece devido a existência de uma substância chamada oxalato de cálcio. 

Fonte: Gardening Know How

Por isso, após o seu manuseio, é indicado lavar bem as mãos, caso não esteja utilizando luvas. Outra precaução é manter longe do alcance de crianças e animais de estimação.

Isso porque podem acabar ingerindo suas folhas e se intoxicando e, se ocorrer esse tipo de incidente, lave a região da boca com bastante água, sem ingerir e corra para um médico ou veterinário.

Evite cultivar o caládio em ambientes que tenham muito vento ou que tenha ar condicionado, pois esses fatores podem ser prejudiciais para a sua planta.

O ar condicionado retira a umidade das folhas e logo você poderá notar que as pontas de suas folhas ficam queimadas.

Cuidados com o caladium

Essa planta deve ser regada 2 ou 3 vezes na semana, mas atenção para não afogá-la, a terra deve ficar úmida e não alagada. O ideal é que ela seja embebida de água toda vez que a terra estiver completamente seca.

Caladium: o que é e quais são os tipos mais comuns dessa planta
Fonte: Lowes

Um sintoma que o tinhorão pode apresentar devido a insuficiência no quesito água são as folhas caídas, nesse caso ela deverá ser regada com mais frequência. Contudo, se a planta começar a ficar amarelada, o ideal é reduzir a quantidade de água que ela recebe.

Solo ideal para o caladium

Para que o caladium se mantenha saudável e se desenvolva da melhor forma possível, é preciso que ele fique em solo que contenha uma grande quantidade de nutrientes. Por isso, material orgânico e adubo são bem vindos.

Fonte: Arquiflora

Luminosidade

Grande parte dos tipos de caladium não gostam de estar em ambientes com incidência de luz direta. Isso porque elas podem se queimar com facilidade, devido à espessura de suas folhas. O melhor local para que ela continue saudável é em meia sombra e que seja arejado. 

Caladium: o que é e quais são os tipos mais comuns dessa planta
Fonte: Flickr

Cuidados com o caladium no inverno

O caládio pode confundir bastante os seus donos, pois durante o inverno, para se proteger do frio, essa espécie perde suas folhas e o caule esperando para a próxima estação. O que é completamente normal e se trata de uma adaptação da espécie. 

Fonte: Flickr

Uma dica é plantá-la junto a outra planta que possui as mesmas necessidades, quanto a água e luz, numa distância que uma não invada o espaço da outra. Dessa forma, quando for cuidar desta segunda planta, você já estará cuidando do tinhorão. 

Gostou desse post? Veja também como plantar cactos.

Fontes: Viva Decora, Selvva, Jardineiro Net, Minhas Plantas, Wikihow.

Imagens: Groupon, Atelier Colorato, Terra, Gardening Know How, Lowes, Arquiflora, Flickr,