Dicas

Plantas tóxicas para os pets – Principais espécies e como evitar

As plantas estão se tornando indispensáveis para quem ama decoração. Porém, você pode evitar algumas plantas que são tóxicas para os pets.

Por Rafaela de Almeida

-

É muito comum que várias casas tenham jardins ou que as pessoas façam o cultivo de plantas em vasos de decoração. Também é muito comum que nessas mesmas residências existam animais. O que pode passar despercebido é que algumas espécies são plantas tóxicas para os pets.

Assim como para as crianças, as plantas também são muito atrativas visualmente para cães e gatos.  Muitas plantas são multicoloridas, possuem formas e tamanhos diferentes. No entanto, alguns animais podem acabar ingerindo plantas que apresentem toxinas nocivas ao organismo dos bichinhos.

Saiba quais plantas evitar e como assegurar seu animalzinho de estimação de alguma intoxicação, caso ele coma alguma planta venenosa.

Cinco plantas tóxicas para os pets

Várias são as plantas tóxicas para os pets. Assim, o que deve ser feito é conhecer quais as plantas que mais causam mal aos bichinhos de estimação.

Dessa forma, você pode cultivar suas plantas e manter os pets bem saudáveis. Confira quais são as plantas mais tóxicas para os animais de estimação:

1 – Comigo-ninguém-pode

Muito comum nos lares brasileiros, a comigo-ninguém-pode, apesar de ser uma planta fácil de cuidar, se ingerida por cães ou gatos pode causar dores abdominais, náuseas e vômitos, sendo uma das plantas tóxicas para os pets mais perigosa.

Além disso, causam irritação na boca e olhos dos bichinhos. A intoxicação acontece porque as folhas possuem uma toxina chamada oxalato de cálcio. A toxina é responsável por atingir as células, afetando a garganta. Em casos agudos da intoxicação, pode causar asfixia.

No caso de cães, é melhor manter vasos pendurados ou longe do seu alcance. Para gatos mais curiosos, o ideal é que eles não tenham qualquer contato com a planta. 

Plantas tóxicas para os pets: descubra quais evitar
Fonte: Selvva

2 – Samambaia

A samambaia é uma das plantas mais conhecidas e cultivadas em casa, principalmente no Brasil. Além disso, também é uma das plantas tóxicas para os pets. Em síntese, é uma planta ornamental ótima para decorar ambientes, além de ser considerada um amuleto para atrair boas energias.

No entanto, quando se trata de pets, ela pode se tornar perigosa. Sua principal toxina, o tanino, presente ao longo de sua folhagem, é capaz de atingir o organismo dos animais provocando hemorragia.

Logo, é importante sempre se atentar, caso algum animal acabe comendo-a, para que os cuidados sejam tomados o mais rápido possível e o tratamento para intoxicação também. Nos casos mais graves, os animais podem vir a óbito. 

Plantas tóxicas para os pets: descubra quais evitar
Fonte: Pinterest

3 – Suculentas

Apesar de muito famosas, algumas espécies de suculentas podem ser fatais se ingeridas pelos animais. A mais comum, cultivada em lares brasileiros, é a aloe-vera, muito usada para fins medicinais.

Contudo, é uma das plantas tóxicas para os pets e pode causar intoxicação, principalmente em cães, levando-os a um quadro grave. Alguns dos sintomas são vômito e diarreia. Em casos mais graves, a aloe-vera pode causar depressão.

Outra suculenta muito cultivada domesticamente é a colar-de-pérolas, principalmente pelos ramos exóticos. No entanto, podem causar dores abdominais nos pets, além de náuseas e diarreia. 

Fonte: Elo7

Plantas tóxicas para os pets felinos

Assim como os cachorrinhos, os gatos também podem se intoxicar com plantas. Dentre as plantas tóxicas para os pets felinos, temos:

4 – Hera

A hera, assim como as jiboias, são plantas trepadeiras fáceis de se manter em casa e comuns ornamentos domésticos. Apesar disso, a hera é uma planta tóxica para os pets, principalmente para os gatos.

A intoxicação pode causar batimentos cardíacos acelerados nos animais, além de irritação na pele e nos olhos, bem como ser fatal, dependendo da quantidade ingerida.

Como os animais não conseguem diferenciar quais plantas são ou não tóxicas, o melhor é estar atento a quais espécies podem levar à intoxicação e evitar tê-las em casa. 

Fonte: Pinterest

5 – Azaleia

Além das plantas com arbustos volumosos e folhas verdes, as flores também podem ser prejudiciais aos bichos domésticos. Dentre as plantas tóxicas para os pets, está a azaleia, muito popular nos lares do Brasil.

As flores da azaleia possuem uma substância denominada andromedotoxina que, quando ingerida, pode causar vômito, diarreia, convulsões e até ser letal de acordo com a quantidade. 

Fonte: Planta Sonya

Plantas tóxicas para os pets – cuidados

Assim que perceber que o seu pet ingeriu alguma planta tóxica, mesmo se ele não apresentar nenhum sintoma visível, o recomendado é sempre buscar um médico veterinário.

Assim, o profissional poderá observá-lo e constatar se há algum risco de intoxicação. Caso perceba que seu animal comeu alguma de suas plantas, lave a boca dele com água corrente, tome cuidado para que ele não engula e leve os resquícios para dentro do organismo.

Não ofereça nenhum medicamento sem prescrição, já que é preciso saber qual o grau de intoxicação e quais as toxinas presentes nas plantas para iniciar o tratamento.

Dessa forma, o mais recomendado para evitar que os pets tenham contato e comam as plantas que possam ser venenosas é sempre se atentar quais espécies comprar ou mantê-las fora do alcance dos animais. 

O que achou da matéria? Se gostou, confira também: Plantas que precisam de pouca luz para começar o seu jardim

Fontes: Petz, Seres Vet, Tua Casa

Imagens: RG Uol, Selvva, Pinterest, Elo7, Planta Sonya.