Espécies

Planta jade: características da planta e como cultivar

A planta jade é um tipo de suculenta ideal para o cultivo em ambientes internos, pois pode ser usada na decoração e não exige muitos cuidados.

Por Rafaela de Almeida

-

Conhecida popularmente por ser a planta da prosperidade, ou planta da sorte, árvore da vida e muitos outros nomes, a planta jade tem grande durabilidade e é simples de ser cultivada.

Essa planta tem um visual muito específico, cheia de personalidade, com seus galhos mais espessos e folhas verdes grossas e acetinadas. 

A planta jade, de origem sul-africana, é uma suculenta, o que torna o seu cuidado ainda mais fácil, uma vez que é uma planta extremamente resistente.

Além disso, durante o inverno e primavera, época onde existe uma diminuição da exposição à luz solar, é possível ver o crescimento de pequenas flores de cor branca ou rosa. 

Características da planta jade

O charme dessas flores são extremamente notáveis, elas possuem um formato estrelado além de serem perfumadas. São sempre associadas à riqueza, à prosperidade. Além disso, são frequentemente utilizadas pelos admiradores do Feng Shui.

Fonte: HM Floricultura

A árvore da vida é tóxica, por isso deve ser mantida distante de crianças e pets que possam ingeri-la. Apesar de afetar os seres humanos de forma mais leve, opte por locais mais altos para diminuir o acesso a ela.

Os pontos mais importantes para que a planta jade se desenvolva com saúde são regas espaçadas, iluminação, clima, solo e adubação. Dessa forma, com os cuidados certos, elas podem viver por muitos anos tanto em áreas internas quanto externas. 

Formas de propagação

Os dois métodos mais utilizados para a multiplicação da planta jade são por estacas e por folhas. Apesar disso, independente do modo escolhido, durante os primeiros momentos de vida ela vai necessitar de mais água do que quando estiver na fase adulta. 

Planta jade: um tipo de suculenta ótimo para a decoração dos ambientes
Fonte: Casa e Festa

Para plantá-las por estaca será preciso cortar as estacas e esperar secar para poder colocá-la em seu local definitivo, esse processo pode levar de 2 a 3 dias.

Já o plantio por folhas, basta retirar uma folha e o seu respectivo galho, sem quebrar, e deixá-lo em terra úmida até que crie raízes para poder transplantá-la.

Principais cuidados com a planta jade

Nos primeiros períodos de vida é necessário realizar a rega com mais frequência. No entanto, a planta jade já adulta não precisa de tanta atenção assim.

É uma suculenta, por isso ela tem uma grande capacidade de retenção e absorção. Dessa forma, o indicado é deixar a terra úmida e não alagada.

Fonte: Viva Decora

Para identificar se está precisando realizar uma nova rega, basta colocar o dedo na terra, se estiver completamente seco pode regar, caso ainda esteja úmida, deixe para fazer a rega no dia seguinte.

Isso porque o alagamento do solo pode ser extremamente prejudicial para essa planta, causando o apodrecimento de suas raízes.

O excesso de água pode ser percebido pelo visual da planta, uma vez que suas folhas começarão a cair. Portanto, caso você perceba uma diminuição em suas folhas, diminua a frequência em que a planta jade é regada.

Iluminação e clima

A planta jade precisa de incidência direta de luz para poder se desenvolver, por isso é recomendado que ela fique perto da janela, ou próximo a entradas de luz.

Planta jade: um tipo de suculenta ótimo para a decoração dos ambientes
Fonte: Carvalho Hosken

Porém, vale destacar que, por gostar de luz solar, ela não é a planta mais indicada para ficar em áreas externas onde os ventos são fortes ou tenha geadas, pois essa planta não suporta esses dois elementos muito bem. 

As flores irão aparecer durante o inverno e o que pode auxiliar esse fenômeno são locais mais frios. No entanto, atenção, elas não toleram temperaturas que sejam menores a 5°C.

Nesse mesmo período as regas devem acontecer com menor frequência, afinal por ser mais frio a evaporação da água do solo irá ocorrer de forma mais lenta.

Solo e adubação necessários para o cultivo da planta jade

É preciso que o solo tenha uma boa drenagem para que não ocorra o acúmulo de água e, por consequência, o apodrecimento da raiz.

Para garantir que o solo seja adequado, basta que ele seja composto por aproximadamente 70% de terra e os outros 30% de areia grossa com alguns cascalhos no fundo.

Fonte: Flores e Folhagens

O processo de adubação deve ocorrer trimestralmente. Assim, a planta jade pode ser adubada com adubos para suculentas encontrados em lojas de jardinagem.

Porém, cascas de ovo e pó de café também irão auxiliar no crescimento dessa planta. Durante o outono e inverno a adubação deve ser cessada.

Curtiu esse post? Se você gostou, confira também as características da gardênia.

Fontes: Viva Decora, Projeto Jardinando, Clube do Jardim.

Imagens: Casa Vogue, HM Floricultura, Casa e Festa, Viva Decora, Carvalho Hosken, Flores e Folhagens.