Espécies

Margarida – Como cultivar, características e significado de suas cores

A margarida é popular pelo mundo por ser uma flor delicada, além de facilmente reconhecida pelas pétalas brancas e miolo amarelo.

Por Rafaela de Almeida

A margarida é uma flor conhecida pela sua delicadeza, além de ser uma flor de poucos cuidados. Assim, é facilmente reconhecida por suas pétalas lisas de cor branca e miolo amarelado.

Apesar do branco ser o tom mais popular de margaridas, essas flores também possuem outras colorações como rosa, vermelha e roxa.

Além disso, a margarida é da mesma família que os girassóis, crisântemos e cravos. A margarida é cultivada principalmente na Europa, América do Norte, Brasil e outras partes do mundo, sendo popularmente utilizada na hora de presentear com buquês e arranjos.

Também é uma flor muito comum na decoração, tanto de espaços internos e externos como jardins, além de ser usada na decoração de cerimônias como casamentos e afins.

De modo geral, a margarida pode atingir cerca de 90 centímetros de altura. Além disso, dependendo do tipo de margarida, as pétalas podem atingir até 10 centímetros de diâmetro.

Significado das cores da margarida

Assim como outras flores, as margaridas também podem ter diferentes significados dependendo da cor de suas pétalas. Dessa forma, na hora de presentear, você pode escolher uma cor de margarida para cada ocasião e a mensagem que quiser demonstrar.

Fonte: HM Jardins

A margarida branca pode significar beleza e delicadeza. Enquanto as margaridas amarelas são dadas em forma de presente para simbolizar o amor leal. Além disso, essas duas cores são as mais populares quando se trata de margaridas.

As margaridas rosas e vermelhas podem significar amor, além de impulsos amorosos, um gesto inesperado. Já as margaridas azuis são símbolos da fidelidade, seja em relação ao amor romântico, ou a amizade.

Como cultivar margarida

As flores de margarida, embora pareçam delicadas, são muito resistentes e fáceis de serem cultivadas nos jardins de casa. Isso porque não exigem muitos cuidados e podem ser colocadas em vasos, canteiros e jardineiras, além de se desenvolverem bem em solo firme de jardins.

Solo ideal

Como a maior parte das plantas, a margarida requer solo bem drenado e fértil para se desenvolver. Por isso, ao cultivar essa flor em casa, dê preferência para solo rico em matéria orgânica, além de nutrientes como fósforo, que pode ser adicionado diretamente no substrato.

Fonte: Regional News

Luminosidade

Apesar das margaridas serem resistentes, isso não significa que toleram sol pleno, por exemplo. Essas flores necessitam de algumas horas por dia de exposição solar, mas sem exageros.

Além disso, não são plantas para regiões de climas frios sujeitas a geadas, por isso, é melhor evitar deixá-las expostas a essas condições.

Margarida: uma das flores mais populares no mundo todo pela delicadeza
Fonte: Pixabay

Rega

A rega da margarida deve ser feita regularmente. Sendo assim, o ideal é regar as flores uma vez ao dia, ou sempre que perceber o solo ficando ressecado.

Fonte: O Dedo Verde

Contudo, a quantidade de água deve ser regrada, nem pouca demais, nem exageradamente. Isso porque o solo deve se manter úmido, mas não encharcado, pois pode acabar matando a planta apodrecendo suas raízes.

Além do cuidado com a quantidade de água oferecida para a planta, é importante observar os horários do dia no qual a rega é feita. Assim, é melhor evitar os períodos em que o sol está mais quente, por isso faça a rega entre a manhã e o fim da tarde.

Poda

Conforme o crescimento das flores e folhas da margarida é importante fazer a poda de partes secas ou amareladas. Por isso, a poda deve ser feita sempre quando houver essas condições.

Margarida: uma das flores mais populares no mundo todo pela delicadeza
Fonte: Revista Natureza

Além disso, existem épocas do ano recomendadas para a retirada de partes da planta, geralmente entre os meses de junho e agosto. A poda deve ser feita com tesouras sempre afiadas, além de o corte sem feito na diagonal para permitir a regeneração da parte recém-cortada.

O que achou da matéria? Se gostou, confira também como escolher flores para presentear.

Fontes: West Wing, Escola Britannica, Jardim das Ideias.

Imagens: Wallpaper Abyss, HM Jardins, Mundo Ecologia, Regional News, Pixabay, O Dedo Verde, Revista Natureza.