Espécies

Tipos de fitônia: algumas variações dessa espécie de planta

Existe uma considerável variedade de tipos de fitônia na natureza, algumas delas bastante populares e fáceis de serem encontradas.

Por Rafaela de Almeida

-

Fitônias são plantas geralmente encontradas na América do Sul. Desse modo, devido o seu pequeno porte, cores vibrantes e afinidade com ambientes úmidos as tornam extremamente atrativas para os amantes de terrários. Além disso, existem alguns tipos de fitônia bastante interessantes. 

Entretanto, outras características atraentes são as suas incríveis habilidades de enraizamento e capacidade de se desenvolver em ambientes protegidos do Sol. Essa planta possui folhas de cores bastante intensas, variando entre vermelhas e brancas, que fazem um belo contraste com suas nervuras em verde.

Dessa forma, suas tonalidades formam incríveis mosaicos por isso, é conhecida pela comunidade científica como planta-mosaico. O formato de suas folhas são diversas, podem ser curtas, compridas, largas ou estreitas.

Tipos de fitônia

Tipos de fitônia: algumas variações dessa espécie de planta
Pinterest

Quanto a sua classificação, existem algumas  divergências. Enquanto algumas escolas defendem a ideia de que existe apenas um tipo de fitônia com várias variações. Em contrapartida, outras defendem que elas podem ser classificadas em três variações distintas: Fittonia vershaffeliti, Fittonium argyroneura e Fittonia gigantea. 

Sendo assim, vamos conhecer melhor os tipos de fitônia.

Fittonia vershaffeliti

De pequeno porte, chegando a 15 centímetros de altura, e grande durabilidade, esse tipo de fitônia é facilmente encontrada em ambientes domésticos. Suas folhas são fáceis de serem reconhecidas. No entanto, a floração dessa fitônia definitivamente não é o foco, assim como na maioria das plantas dessa espécie. No entanto, durante esse período é possível observar flores de tons amarelados excepcionais.

Essa espécie possui as suas nervuras em um vermelho pálido, praticamente rosa, ou branco, enquanto o verde abrange o resto das folhas. Essas cores chamativas se tornam um alerta para animais que tentam comê-la, afinal ela pode ser prejudicial à saúde.

Em certas culturas o chá da folha dessa fitônia pode ser utilizado para o combate a dores de dente e cabeça. Além disso, em alguns locais da Índia, o seu chá é utilizado como alucinógeno em rituais.

Tipos de fitônia: algumas variações dessa espécie de planta
Fonte: 123 RF

Fittonium argyroneura

As nervuras nas folhas desses tipos de fitônia são geralmente encontradas na cor branca ou prata, formando um incrível contraste com o verde intenso ou o verde claro. Além disso, é possível encontrar essa espécie com outro nome, fettonia bezolozchatoy.

Essa classificação se trata de uma fitônia anã, em que suas folhas não chegam a mais do que 3 centímetros. Sendo assim, esse tipo de fitônia é geralmente utilizado em terrários ou aquários ornamentais.

Fonte: Dreams Time

Fittonea gigantea

Apesar do nome indicar uma fitônia imensa, ela só é grande quando comparada a outras fitônias. Uma vez que esse tipo de fitônia cresce a aproximadamente cinquenta centímetros de altura, suas folhas podem chegar até quinze centímetros, que é praticamente o tamanho por inteiro de algumas fitônias.

Tipos de fitônia: algumas variações dessa espécie de planta
Fonte: Plants Bank

Cuidados com as fitônias

Fitônia são plantas originárias da América do Sul, portanto, são adaptadas para se desenvolver em clima tropical. Além disso, possuem aversão a climas mais frios ou locais com bastante ventania. Por terem familiaridade com o ambiente úmido do clima tropical, o ideal é que o solo fique constantemente úmido.

Sendo assim, basta colocar palhas na superfície de onde ela está sendo cultivada, seja no terrário, vaso ou até mesmo em canteiros. No entanto, é preciso destacar que, apesar de terem afinidade com água, o excesso pode ser extremamente nocivo e por isso o substrato deve estar sempre úmido, mas nunca alagado.

Portanto, durante meses mais frios onde a evaporação da água ocorre de forma mais lenta é importante rever a rotina de rega e diminuí-la caso necessário.

Fonte: Tua Casa

Uma forma de verificar se a planta precisa ser regada novamente é o teste do toque. Com o seu dedo, você irá tocar a superfície da planta, caso ainda esteja úmida adie a rega para o próximo dia. Caso a superfície do solo já esteja seca, está na hora de regá-la novamente. Todavia, tenha atenção, afinal caso ela fique por muito tempo sem água ela não irá se desenvolver da forma esperada.

As fitônias geralmente se desenvolvem em locais que contenham muita matéria orgânica, isto é, em solos férteis. Sendo assim, é indicado que ela seja adubada pelo menos uma vez a cada bimestre ou trimestre, para crescer adequadamente.

Tipos de fitônia: algumas variações dessa espécie de planta
Fonte: Ana Stevan

Enfim, o que achou dessa matéria? Aliás, aproveite para conhecer também a flor da fortuna?

Fontes: Coastline Surf System.

Imagens: Decor Fácil, Verdes do Vale, 123 RF, Dreams Time, Plants Bank, Tua Casa, Ana Stevan.