Espécies

Quaresmeira – A árvore que representa o início da páscoa

A quaresmeira pode ser considerada um dos símbolos da páscoa, já que sua floração inicia-se entre os meses de celebração dessa data.

Por Rafaela de Almeida

-

De tirar o fôlego quando suas flores em tons de roxo, violeta e rosa nascem, a quaresmeira, ou tibouchina granulosa, possui um significado muito bonito, uma vez que a sua floração coincide com a chegada da páscoa e fim do verão. Contudo, a excentricidade de suas flores podem ser igualmente encontradas durante o outono.

Enfeitando as ruas das mais diversas cidades do Brasil, principalmente no Centro-Oeste e Sudeste do país, as quaresmeiras são árvores de pequeno porte. Além disso, podem chegar a 12 metros de altura em média. De crescimento intermediário, a quaresmeira chega a crescer 1 metro por ano.

Características da quaresmeira

Também conhecida como flor-de-quaresma, as quaresmeiras são usadas comumente no processo de arborização urbana de diversas cidades.

Não só pela sua beleza, mas, principalmente, por permanecerem bastante firmes. Além disso, não se abalam com manifestações climáticas ou a epidemia de seres indesejados.

Quaresmeira: a árvore que representa o início da páscoa
Fonte: Árvore Generosa

Contudo, deve-se evidenciar que, apesar de ter um tronco resistente, os galhos da quaresmeira podem facilmente serem carregados dependendo da intensidade do vento. Uma forma de evitar tal transtorno é através da poda, que ajuda no espessamento desses galhos mais frágeis.

Vale destacar que seu encanto não se encontra apenas em suas flores, pois o tom de verde escuro em suas folhas também possui uma imponência de ser admirada.

Por que plantar uma quaresmeira?

Além de possuir um visual bonito, a quaresmeira é uma planta amigável com as calçadas, pois sua raiz não é agressiva. Dessa forma, acaba evitando o risco de causar estragos que são comuns por árvores que ficam na rua. 

Fonte: Casa e Construção

Outra vantagem é quanto ao solo, essa árvore se adapta bem a diversos tipos de terra devido a grande extensão de suas raízes.

Dito isso, é relevante destacar que, por possuir a raiz muito longa, o plantio dessa árvore deve ser feito em locais que permitam o seu desenvolvimento, como próximo a sistemas de esgoto.

Como plantar a quaresmeira?

Inicialmente, deve ser observada a incidência de luz solar no local escolhido para que a árvore se desenvolva com maior facilidade.

O solo é um quesito não tão importante. No entanto, devido a sua natureza ela se desenvolve melhor em solos mais ácidos, como a terra vermelha, por exemplo.

Quaresmeira: a árvore que representa o início da páscoa
Fonte: Semente Orgânica

Escolhido o local, você deverá cavar um buraco bem maior do que é o necessário para poder envolver a muda. É necessário também que a terra contenha mais nutrientes para auxiliar no processo de crescimento da raiz da quaresmeira. 

Tirando o material que estiver envolvendo a muda da árvore, centralize ela no buraco cavado. Logo em seguida, insira um suporte para dar sustentabilidade a quaresmeira e devolva a terra que foi retirada para finalizar o preenchimento do mesmo. 

Lembrando que, durante a utilização do suporte, devido à fragilidade da quaresmeira, é necessário colocar um intermediário entre o caule da árvore e o arame, ou corda que está segurando o mesmo ao suporte, como um pedaço de pano ou couro.

Alguns cuidados ao cultivar essa planta

Assim como qualquer outra planta, durante o seu crescimento a quaresmeira vai necessitar de bastante água. Dessa forma, é necessário regá-la todos os dias durante os primeiros meses, mantendo o solo sempre úmido. Quando adulta é recomendado regá-la apenas quando for notado algum ressecamento na árvore.

Fonte: Secretária de Infraestrutura e Meio Ambiente

Uma dica de como auxiliar o seu crescimento é a inserção de uma camada seca que permita a retenção da água no solo. Assim, materiais como serragem ou folhas secas podem ser utilizados para esse fim.

As quaresmeiras são plantas nativas da mata atlântica, ou seja, estão acostumadas com os climas tropical e subtropical, por isso necessitam de uma área bem iluminada para o seu desenvolvimento. Por esse mesmo motivo elas são resistentes à climas de frio intermediário. 

Portanto é necessário observar o clima do local onde você mora e que você estará expondo a sua quaresmeira. Isso porque, em climas muito diferentes do recomendado, ela pode não ter o crescimento esperado.

Curtiu esse post? Se gostou, veja também como plantar louro.

Fontes: Bioparque, Jardineiro Net, Bernadete Alves, Plaza Hotéis, Apremavi.

Imagens: Faz Fácil,  Árvore Generosa, Casa e Construção, Semente Orgânica, Secretária de Infraestrutura e Meio Ambiente.