Dicas

Húmus de minhoca – O que é e quais os tipos mais comuns

O húmus de minhoca é um componente muito utilizado no preparo de substrato para plantas, devido a presença de matéria orgânica e nutrientes.

Por Rafaela de Almeida

O húmus de minhoca é usado popularmente em mistura de substrato para plantas. Além disso, é um ótimo adubo, oferecendo umidade e nutrientes. O húmus de minhoca também é fonte de alimento para as minhocas e o papel delas para as plantas pode ser considerado essencial.

Além do uso mais comum do húmus de minhoca, os próprios animais também podem ser usados. Isso porque as minhocas são alimento para outras espécies, assim, podem ser usadas para alimentar peixes, por exemplo.

O húmus de minhoca tem como características ser macio e altamente drenável.  Por isso, é ótimo para plantas que exigem solo úmido. Também é considerado rico em sais minerais, sendo capaz de auxiliar no desenvolvimento das plantas quando misturado a um bom substrato.

Tipos de húmus de minhoca

Existem alguns tipos de húmus de minhoca, embora o mais popular seja utilizado em jardins. Alguns tipos de húmus são usados em plantações maiores ou na indústria. Existem quatro categorias de húmus populares: húmus marrom, preto, de transferência e fóssil.

Marrom

O húmus marrom é um tipo de húmus encontrado na vegetação viva, principalmente em ervas marinhas em decomposição. Além disso, é um dos tipos de húmus mais populares, pois pode ser encontrado com facilidade e usado na maioria dos substratos para plantas.

Húmus de minhoca: o que é e quais os tipos mais comuns
Fonte: Potiguar Notícias

Húmus preto

Diferente do húmus marrom, o húmus preto é encontrado em camadas profundas de terra. Geralmente, é produto da decomposição de matéria orgânica de folhas, madeira, estrume e lama. Também é facilmente encontrado na natureza.

Fonte: Estudo Kids

Húmus de transferência

O húmus de transferência é comum em ambientes como rios e lagos. Além disso, é um dos tipos de húmus mais úmidos, principalmente por conta da interferência da água e da umidade desses locais.

Húmus de minhoca: o que é e quais os tipos mais comuns
Fonte: Governo Federal

Fóssil

O húmus fóssil não é tão popular quanto outros tipos de húmus. É encontrado em locais com alta concentração de carvão e depósitos de carbono.

Fonte: Humin Tech

Vantagens de usar húmus em substrato

Naturalmente, o solo pode ser facilmente contaminado com substâncias como metais. Esses compostos acabam prejudicando a saúde e a qualidade do solo, interferindo diretamente no desenvolvimento das plantas e frutos. Dessa forma, quanto menor a qualidade do solo, menor é o benefício da planta cultivada nele, ou dos frutos que ela produz.

Húmus de minhoca: o que é e quais os tipos mais comuns
Fonte: Plantei

O húmus de minhoca foi testado algumas vezes para controlar a qualidade do solo. As vantagens de usar o húmus de minhoca no cultivo de plantas são inúmeros, principalmente por conta da economia da produção e na alternativa orgânica deste componente. Além disso, pode ser usado para a descontaminação do solo.

O húmus de minhoca também é um material altamente drenante. Por isso, possui a vantagem de aumentar a umidade e a capacidade de drenagem da água do solo das plantas. Bem como, pode ser misturado com outros componentes que também aumentam a quantidade de nutrientes e drenagem da água, como argila expandida e areia.

Curiosidades sobre as minhocas

As minhocas são os principais agentes para a decomposição da matéria orgânica presente no solo, consequentemente no húmus de minhoca. Além do mais, possuem características como não ter olhos, o que dificulta sua locomoção por debaixo da terra. No entanto, sua locomoção é feita por sensores corporais que são sensíveis à luminosidade.

Fonte: Jardins

De modo geral, as minhocas evitam ambientes iluminados, se encontrando em camadas mais profundas do solo. Dessa forma, podem ser encontradas em locais de terra úmida e sombreadas. Apesar disso, ambientes encharcados não são locais propícios para a sobrevivência desse tipo de animal.

As minhocas fazem respiração através da pele, assim, ambientes muito úmidos impedem que o seu organismo faça a troca de gases com o ambiente externo. Quando o solo começa a encharcar devido a presença exagerada de água, as minhocas tendem a sair pelo solo em busca de outros tipos de ambientes.

Gostou desse post? Então, confira também: Kokedama, o que é? Definição, como fazer e plantas mais indicadas

Fontes: Embrapa, Morada da Floresta, Ecycle, Mundo Educação.

Imagens: AEASE, Brotei, Potiguar Notícias, Estudo Kids, Governo Federal, Humin Tech, Plantei, Jardins.