Espécies

Magnólia – Significado da flor, características e como cultivar

As magnólias são flores muito populares no Brasil, utilizadas com frequência em arranjos e buquês, com grande variedade de espécies.

Por Rafaela de Almeida

-

A magnólia é uma flor muito comum no Brasil, muito utilizada em jardins e vasos. Além disso, possui flores grandes e coloridas, que podem variar em inúmeros tipos e cores.

Existe quase uma centena de espécies diferentes de magnólias, no entanto, algumas se encontram em extinção e são difíceis de serem encontradas.

As magnólias são originárias da Ásia, encontradas facilmente no Japão e na China. Porém, podem ser cultivadas tranquilamente em outras regiões, desde que suas necessidades de solo, clima e regas sejam respeitadas.

Um dos tipos mais comuns de magnólias encontradas pelo país são as magnólias brancas, tipicamente encontradas nos Estados Unidos. A maioria desse tipo de flor possui perfume delicado e semelhante ao cheiro cítrico dos limões.

Significado da magnólia

Assim como outras flores, as magnólias também possuem alguns significados de acordo com a cor. Dessa forma, as magnólias de tonalidade branca representam paz, pureza e perfeição, por exemplo. Além disso, as magnólias de cor rosa podem significar a juventude e a inocência.

Magnólia: flores com significados e inúmeras espécies
Fonte: Pixabay

Essas flores também podem ter outros significados dependendo da cultura e da região que se encontram. Quando é encontrada no Japão, pode representar  o amor pela natureza e na China significa, além da pureza, a nobreza.

De modo geral, as magnólias representam bons sentimentos. Por isso, se você pretende presentear uma pessoa especial, a magnólia pode ser uma boa opção.

Principais características da flor de magnólia

As magnólias possuem grande variedade de tipos, logo, uma cartela diversificada de cores, formatos de pétalas, tamanhos e outras características.

Dessa forma, possui espécies de arbustos menores, até espécies que podem atingir 30 metros de altura. As folhas de magnólia também podem ser consideradas duras e resistentes.

Fonte: Guia das Suculentas

Alguns tipos de magnólias podem perder as folhas durante épocas frias do ano. Porém, são conhecidas justamente por se manterem saudáveis, apesar da queda de algumas partes.

Além disso, são conhecidas pelo seu perfume adocicado característico, por isso, parte da indústria cosmética e de perfumaria utiliza do cheiro agradável para a produção de artefatos para a beleza em geral.

Entre as principais cores de pétalas estão o branco, rosa, creme e roxo, que pode se estender ao lilás. As espécies também apresentam floração praticamente na mesma época do ano, assim, costumam florescer entre a primavera e o verão.

Como cultivar esse tipo de flor?

Primeiramente, ao plantar a magnólia, é necessário escolher um local arejado o suficiente e que tenha incidência solar durante alguns períodos do dia.

Dessa forma, basta colocá-lo em um vaso de sua preferência e inserir a planta. A primavera é a melhor época do ano para o plantio ser feito.

Magnólia: flores com significados e inúmeras espécies
Fonte: Shopee

Além disso, após a escolha do local, o solo também precisa ser preparado. Assim, dê prioridade para a terra bem adubada e que tenha alta capacidade de drenar a água da rega, que deve ser feita regularmente.

Dessa forma, materiais como argila e húmus de minhoca podem ser utilizados para o preparo do substrato. Outros materiais como fertilizantes enriquecidos com potássio e fósforo podem ser utilizados na terra.

Esse tipo de planta não requer cuidados exagerados. Sendo uma ótima opção para quem não tem tempo ou grandes habilidades para cuidar das plantas.

Também podem ser consideradas plantas resistentes. O solo deve ser mantido úmido, por isso, a rega deve ser feita a cada um dia, priorizando quantidades equilibradas de água para evitar o encharcamento do solo.

Fonte: 2 Quote a Flower

É necessário podar a magnólia quando ela ainda for jovem, isso auxilia em seu crescimento saudável. Dessa forma, quando perceber que apresenta folhas ressecadas ou amareladas, retire-as. Além disso, priorize folhas fracas e evite retirar ramos jovens e em desenvolvimento.

Curtiu esse post? Se você gostou desse, veja também esse post sobre rosa de pedra.

Fontes: Escola Britannica, Jardineiro Net, Planta Sonya, Home It.

Imagens: Flores Wiki, Safari Garden, Pixabay, Guia das Suculentas, Shopee, 2 Quote a Flower.