Espécies

Dama da noite – Características da planta e como cultivar em casa

A dama da noite é conhecida popularmente pelo seu aroma doce e marcante, cultivada com facilidade em vasos, ou jardins em casa.

Por Rafaela de Almeida

A dama da noite é conhecida por ser uma flor extremamente perfumada. Por isso, é usada também na indústria da perfumaria e cosmética. Existem uma grande variedade de produtos que usam do perfume desse tipo de flor, desde perfumes a incensos, produtos de limpeza e essências no geral.

Além disso, esse tipo de flor tem caráter ornamental, por isso, é muito cultivada em projetos paisagísticos, principalmente em ambientes abertos como jardins. No entanto, pode ser cultivada em vasos, desde que suas necessidades sejam atendidas.

Existem tipos diferentes de dama da noite, algumas possuem flores pequeninas, enquanto as mais populares apresentam flores, geralmente brancas, maiores.

Como cultivar dama da noite em casa?

A dama da noite é uma planta fácil de ser cultivada em casa, isso porque não exige muitos cuidados. De modo geral, essa planta é predominantemente encontrada em regiões de clima tropical. Por isso, locais com muita luz solar, ou sombreados e úmidos são os melhores para plantá-la.

Fonte: Fotos Que Contam Histórias

Quando a dama da noite é cultivada sob sol pleno as flores costumam ser mais perfumadas. Quando a planta é cultivada em locais sombreados, as flores apresentam perfume mais leve.

Além disso, é chamada por esse nome pois as flores costumam exalar o perfume durante esse período do dia. Isso acontece pois no sol a maioria das flores conseguem abrir.

Deve ser cultivada com solo drenado, por isso, materiais como areia podem ser utilizados na mistura do substrato do vaso ou do local em que será plantado. Outro ponto é que as regas precisam ser feitas de forma regular, mas sem exagerar na quantidade de água.

Principais características da dama da noite

Entre suas principais características a dama da noite só abre suas flores no final da tarde ou começo da noite, por isso seu nome.

Dama da noite: flor popular pelo seu aroma adocicado
Fonte: Planta Sonya

Além disso, seu perfume é inigualável, podendo ser reconhecido com facilidade. Seu cheiro pode ser atrativo também para os polinizadores das flores. Os polinizadores também podem ter hábitos noturnos, como as mariposas, por exemplo.

É importante ter cuidado ao cultivar algumas espécies de dama da noite. Isso porque, alguns tipos podem ser consideradas toxicas caso sejam ingeridas, desde folhas, caule e flores.

Alguns tipos de dama da noite

Cestrum nocturnum

Esse tipo de dama da noite atinge até 4 metros de altura. Pode ser encontrada por outros nomes como rainha ou jasmim da noite.

Além disso, um diferencial desse tipo de planta é que é uma espécie extremamente tóxica, por isso, deve ser evitada em locais com crianças ou animais domésticos. A cestrum nocturnum possui pequenas flores brancas, ao contrario de outros tipos.

Dama da noite: flor popular pelo seu aroma adocicado
Fonte: Gardênia Net

Hylocereus undatus

A hylocereus é capaz de gerar frutos, diferentes de outros tipos de dama da noite. Sua floração é comum entre os primeiros meses do ano e os frutos nascem no mês de julho e agosto.

Essa espécie pode ser cultivada facilmente em solo ou em vasos e, geralmente, pode crescer apoiada em outras plantas ou superfícies como muros e paredes.

Fonte: Guia das Suculentas

Selenicereus anthonyanus

Esse tipo de dama da noite pode facilmente ser confundida com cactos, além de ser originalmente encontrada na região do México.

Assim como a hylocereus, esse tipo pode crescer apoiado em outras plantas ou suportes. Entre suas necessidades, exigem luz do sol constante. Além disso, as flores coloridas em rosa forte chamam atenção nos jardins.

Dama da noite: flor popular pelo seu aroma adocicado
Fonte: Flowers in Israel

Epiphyllum oxypetalum

Esse tipo de dama da noite também pode ser considerada parte da família dos cactos. Suas flores podem ter variações de cores desde o vermelho ao branco. Além disso, pode ser cultivada em solo firme ou em vasos, desde que esteja sempre próxima a lugares iluminados.

Fonte: Mercado Livre

O que achou da matéria? Se gostou, veja também como plantar a flor de lavanda.

Fontes: Tua Casa, NSC Total, AKRPad.

Imagens: BRA Agroquímica, Fotos Que Contam Histórias, Capital Mudas, Planta Sonya, Gardênia Net, Guia das Suculentas, Flowers in Israel, Mercado Livre.