Como Plantar

Como plantar caju – Dicas para ter um cajueiro em casa

Não existem segredos para plantar caju, mas algumas espécies podem chegar a 20 metros de altura e necessitam de espaço para crescerem.

Por Rafaela de Almeida

-

O caju é uma das frutas mais famosas e consumidas pelo Brasil, tipicamente encontrada no nordeste do país. Além disso, existem algumas formas de plantar caju, mas você sabia que existe a possibilidade de cultivá-lo também em vasos? No entanto, é preciso observar suas necessidades.

Além disso, algumas espécies de cajueiro gigante conseguem atingir até 20 metros de altura, enquanto outras espécies podem apresentar no máximo 4 metros. Essa fruta de gosto doce, mas levemente azedo, pode ser consumida de diversas formas na culinária, desde receitas doces até as mais elaboradas salgadas.

O cajueiro é uma árvore muito resistente, por isso, pode ser cultivada em locais com clima seco e temperaturas elevadas. Apesar disso, o recomendado é evitar cultivá-lo em regiões muito frias.

Alguns benefícios do consumo do caju para a alimentação

O caju não é composto somente da polpa, a castanha também é muito utilizada e popular. Logo, tudo do fruto do cajueiro pode ser aproveitado. Além disso, o caju também apresenta inúmeros benefícios para a saúde quando inserido na alimentação. Assim, pode, por exemplo, prevenir algumas doenças, como gripes e resfriados.

Como plantar caju: dicas para ter um cajueiro em casa
Fonte: Grupo Cultivar

A polpa da fruta também contém vitamina C, o que pode contribuir para o fortalecimento do sistema imunológico como um todo. Outras propriedades, como cálcio e ferro, também estão presentes no caju e ajudam no combate da anemia.

A castanha de caju possui substâncias como ácidos graxos e aminoácidos, que auxiliam no controle do bom colesterol e, além disso, também são fonte de energia para o organismo. Por isso, as castanhas também são muito recomendadas pelos nutricionistas. Assim, fazem parte de uma dieta balanceada e nutritiva.

Como plantar caju usando sementes?

Existem duas formas de plantar caju. Dessa maneira, podem ser usadas sementes de caju ou usar enxertos. O plantio usando sementes favorece a genética da planta, apesar de correrem o risco de não se desenvolverem de forma homogênea. Assim, escolha algumas sementes e coloque-as em um recipiente com água, as que boiarem devem ser descartadas.

Como plantar caju: dicas para ter um cajueiro em casa
Fonte: Nutry

Prepare o substrato que seja de preferência úmido, depois posicione a parte mais volumosa da castanha para cima. Feito isso, cuide para que as regas sejam feitas regularmente, sempre que sentir a necessidade da terra usada. Evite encharcar o solo, já que a água em grande quantidade pode acabar matando a planta afogada.

Os primeiros brotos levam em torno de duas a três semanas para começarem a aparecer e o seu desenvolvimento deve ser observado. Para colocar em um local definitivo é importante deixar que nasçam, pelo menos, de três a cinco folhas.

Principais cuidados ao plantar caju

O cajueiro é tipicamente uma árvore de clima seco e quente. Por isso, não se preocupe ao plantá-lo em um local com essas condições, já que a temperatura ideal de cultivo varia, assim 27º pode ser considerado perfeito. Apesar disso, não deve ser cultivado em regiões frias, pois não suporta geadas.

Fonte: Ciclo Vivo

Além de suportar altas temperaturas, o cajueiro tende a se desenvolver melhor quando cultivado em sol pleno. Por isso, locais com muita iluminação ajudam no seu crescimento.

Solo e adubação para plantar caju

O solo mais indicado para plantar caju é aquele cujo substrato tem alta capacidade de drenar a água. Além disso, se a espécie escolhida for maior que 4 metros, o indicado é cultivá-la em local em que possa se desenvolver sem dificuldade, pois exige solo profundo por conta de suas raízes.

Como plantar caju: dicas para ter um cajueiro em casa
Fonte: Ativo Saúde

Também é necessário fazer a adubação de tempos em tempos. Para esse processo, esterco bovino pode ser utilizado na mistura do substrato. Além disso, compostos orgânicos como restos de alimento também são boas opções para incrementar a capacidade do solo e enriquece-lo em nutrientes.

Frequência de rega

O cajueiro não exige regas constantes, mas é importante observar o clima em que é cultivado. Dessa forma, quando as temperaturas estiverem muito altas, a rega pode ser feita a cada duas semanas, usando de 10 a 15 litros de água para a irrigação. A rega espaçada garante que não haja incidência de fungos no caule ou raízes da planta.

Como plantar caju: dicas para ter um cajueiro em casa
Fonte: SPDM

Primeira colheita depois de plantar caju

A colheita do cajueiro pode ser feita assim que as frutas apresentarem cor alaranjada ou avermelhada. A primeira colheita é feita cerca de um ano depois do crescimento. Para saber se o fruto está pronto para ser colhido, torça-o e se ele sair com facilidade é porque está maduro o suficiente para ser comido.

Fonte: Ambiente Magazine

Curtiu esse post? Veja também como cultivar magnólias.

Fontes: Ciclo Vivo, Minhas Plantas, Green Me.

Imagens: Conexão Planeta, NAMU, Grupo Cultivar, Nutry, Ciclo Vivo, Ativo Saúde, SPDM, Ambiente Magazine.