Dicas

Adubo caseiro – Benefícios, formas de preparo e utilização

O adubo caseiro é um fertilizante orgânico e de fácil acesso, além de ser sustentável e prático, ainda auxilia no desenvolvimento das plantas.

Por Amanda G. Soares

-

Os cuidados essenciais para manter suas plantas firmes e fortes vão além da irrigação constante e de colocá-las no ambiente certo. Afinal, de que adianta estarem devidamente regadas e em contato com o sol se não recebem os nutrientes necessários para se desenvolverem? Todavia, existem maneiras de repor esses nutrientes e o adubo caseiro é uma delas.

De maneira geral, a própria terra é capaz de prover nutrientes para que as plantas cresçam, porém é possível otimizar esse processo e garantir que elas cresçam mais fortes e mais bonitas fazendo uso de adubagem.

O adubo caseiro é uma boa opção de fertilizante, pois além de ser de fácil acesso, reaproveita boa parte de restos de alimentos que iriam para o lixo, como cascas de legumes e frutas, cascas de ovo e borra de café.

Por que utilizar adubo caseiro?

O adubo caseiro é um tipo de fertilizante orgânico, ele condiciona um ambiente mais fértil e propício para que as plantas se desenvolvam.

Basicamente, a matéria orgânica age diretamente no solo, provendo nutrientes e garantindo umidade e aeração adequadas para a terra, isso acontece por meio da ação dos micro-organismos e resíduos que são liberados durante o processo de decomposição.

Adubagem orgânica.
Fonte: B2BNews

Adubos orgânicos, como os caseiros, não liberam nutrientes tão rápido quanto os químicos que são usados em grandes plantações rurais. Entretanto, são perfeitamente viáveis e eficientes em casos de hortas, pequenas plantações e plantas domésticas.

Além de auxiliar no processo de desenvolvimento das plantas, o adubo caseiro também é mais rentável pois não oferece custo algum.

Ademais, ele reaproveita restos de comida reduzindo a produção de lixo e, por ser inteiramente composto de matéria orgânica, causa menos impacto no meio ambiente do que adubos químicos, sendo assim uma opção sustentável.

Como preparar e utilizar adubo caseiro

O modo de preparo do adubo caseiro é muito simples, podendo ser preparado em casa e por qualquer pessoa.

Todavia, é importante reconhecer o que a planta está precisando de fato e prestar atenção aos nutrientes que cada ingrediente oferece para escolher o tipo de adubo adequado para cada situação.

Cada ingrediente tem uma finalidade específica enquanto fertilizante e, portanto, deve ser utilizado conforme a necessidade da planta para que realmente funcione, caso contrário pode atrapalhar em vez de ajudar.

Receitas comuns de adubo caseiro são:

1. Borra de café

Além de ser rica em fósforo, potássio e nitrogênio, a borra de café também serve para afastar pragas das plantas. Como resultado disso, funciona não só como fertilizante, mas também como repelente.

Borra de café como adubo.
Fonte: Farmers’ Almanac

Contudo, não é aconselhável colocar esse ingrediente diretamente na terra, deve-se fazer uma solução com 1 litro de água e 3 colheres de sopa de borra de café que poderá ser borrifada nas folhas da planta e sobre a terra uma vez por dia.

2. Cascas de banana e outros vegetais

As cascas de vegetais como abóbora, chuchu e cenoura contém vitamina E e servem como fertilizante utilizado para auxiliar no desenvolvimento saudável da planta. Já as cascas de banana, contém fósforo e potássio e são ideais para o enriquecimento do solo.

Restos de alimento como adubo.
Fonte: Agrosomar

Para utilizar tanto cascas de vegetais quanto as de banana como adubo caseiro, basta cortá-las em pedaços pequenos e enterrá-las na terra ao redor da planta. A propósito, é importante enterrá-las para que não atraiam insetos ou larvas que possam prejudicar a planta.

3. Cinzas de madeira

Essa opção de adubo caseiro não é feita a partir de restos de alimentos, mas também pode ser preparada facilmente em casa. As cinzas de madeira são ricas em potássio e cálcio e servem para deixar as plantas mais resistentes a pragas e doenças, além de corrigir a acidez do solo.

Cinzas de madeira como adubo.
Fonte: The Guardian

Devem ser utilizadas cinzas compostas inteiramente de madeira como as de fogueiras e lareiras, elas podem ser distribuídas sobre a terra em pequenas quantidades para não desequilibrar o PH do solo.

Nesse caso, é preciso molhar a terra após a adubagem. Outra opção de adubo caseiro com esse ingrediente é fazer uma solução de 1 litro de água com 100 gramas de cinzas e borrifar sobre a planta.

4. Grama

Grama cortada como adubo.
Fonte: Gardening Know How

Essa opção de fertilizante é uma forma de reutilizar a grama cortada, que contém grandes quantidades de nitrogênio e pode ser usada como adubo caseiro para fortalecer as plantas e aumentar sua produtividade.

A grama pode ser utilizada sozinha ou misturada a restos de alimentos, basta distribuir sobre a terra cultivada e esperar sua decomposição.

Gostou de aprender sobre estas opções de adubo caseiro? Então confira também sobre substrato para as plantas.

Fontes: Casa Vogue, Ikebana Flores, Revista Globo Rural, Youtube, G1, Agrosomar, Summit Agro.

Imagens: Cleanipedia, B2BNews, Farmers’ Almanac, Agrosomar, The Guardian, Gardening Know How.