Como Plantar

Como plantar alecrim – Cuidados e benefícios da planta para a saúde

Aprenda como plantar alecrim e usá-lo na sua cozinha, um dos temperos mais utilizados na culinária, principalmente pelo aroma.

Por Rafaela de Almeida

-

Não existem muitos segredos em como plantar alecrim. Ou seja, é uma planta muito fácil de ser cultivada na horta de casa e, dependendo dos cuidados, pode durar muito tempo.

Basicamente, o alecrim é um tempero muito popular no Brasil. Possui um sabor característico, fácil de ser reconhecido pelo paladar, além do cheiro marcante. Além do uso na culinária, o alecrim pode ser usado para muitos fins, como cosméticos e medicinais, por exemplo.

As pequenas folhas aromáticas do alecrim são usadas, principalmente, para temperar carnes, como peixes e algumas aves também. O alecrim é uma planta muito resistente e que, se plantada apenas uma vez, dá muitos ramos de folhas e se espalha com facilidade no solo.

Além disso, o alecrim pode ser plantado em vasos ou em jardins direto no solo. Tanto para o plantio em solo ou em vaso, o ideal é que a terra usada seja rica em substratos e que também seja úmida.

Apesar de ser resistente e muito adaptável, o alecrim não é muito favorável ao clima frio. O melhor é que seja cultivado em ambientes com contato ao Sol mais constantes.

Como plantar alecrim: um dos ramos de tempero mais usados na culinária
Fonte: Blog da Bella Falconi

Como plantar alecrim e quais os cuidados

Aprender como plantar alecrim é muito fácil. Existem algumas formas de plantá-lo, como por meio de mudas jovens, onde as ideais são as com, pelo menos, 15 centímetros de altura. Outra forma de fazer o plantio é por sementes, mas essa forma é muito difícil e menos comum.

Se a nova muda de alecrim for plantada em vaso, escolha um que tenha tamanho suficiente para que os ramos se desenvolvam bem. Além disso, é essencial que o vaso tenha, pelo menos, um furo. Apesar do solo precisar estar sempre úmido é preciso drenar a água da rega para que ele não fique encharcado.

Após preparar a terra que será usada no plantio, coloque o novo ramo de alecrim na terra e pressione para que ele fique firme. Depois de plantar alecrim, regue os ramos quando o solo começar a ficar seco, pois o ideal é que ele não seque.

Além disso, esteja atento se o local em que ele foi plantado está tem contato direto com o sol, já que ele precisa de luz direta para se desenvolver.

Fonte: Ciclo Vivo

Quando colher os ramos

Após aprender como plantar alecrim, os primeiros ramos podem ser colhidos após três meses depois de plantado.

Contudo, o mais indicado, é esperar um tempo maior até que ele esteja totalmente desenvolvido. Isto é, cerca de um a dois anos depois de plantar o alecrim. Apesar disso, o alecrim costuma viver e dar novos ramos de forma contínua, assim, sempre terão novas folhas nascendo.

Sempre que for retirar algum ramo, o melhor a fazer é cortar não somente as folhas, mas o galho por inteiro.

Ao invés de ser arrancado com as mãos, também podem ser usadas tesouras ou facas para ajudar no corte da planta. Se o corte for lateral, favorecerá que a planta cresça para os lados. Já se for cortado no topo, ajudará a crescer para cima.

Para colher o ramos, opte por cortar os maiores, um pouco mais desenvolvidos. Assim, o crescimento não será prejudicado. Além das receitas com peixes e legumes, o alecrim também pode ser usado para fazer chás.

Para usá-los no chá, colha alguns ramos e seque, para isso use algum papel que absorva a água das folhas durante o processo. Além de poder utilizar as folhas depois de plantar o alecrim, as flores também podem ser usadas, já que são comestíveis.

Fonte: GreenME

Alguns benefícios do alecrim para a saúde

Além de ser um dos temperos mais usados na culinária, tanto pelo seu perfume e pelo seu gosto facilmente reconhecido em pratos, o alecrim é ótimo para a saúde.

Pode ser usado em óleos, cosméticos, remédios e chás. Aprender a plantar alecrim pode trazer inúmeros benefícios no dia a dia, confira alguns deles:

Auxilia no combate a hipertensão

A planta pode ser uma ótima aliado no tratamento da hipertensão. Isso porque, as suas propriedades biológicas ajudam na diminuição da pressão arterial melhorando a circulação sanguínea corporal.

Ação antioxidante

Essa talvez seja a forma mais usada do chá de alecrim. O chá feito dos ramos pode ajudar a reduzir os sintomas da gripe, por exemplo. Além disso, é rico em acido ascórbico, responsável pela ação antioxidante em nosso corpo.

Combate a queda e a caspa capilar

Além dos benefícios medicinais que agem dentro do organismo, também é muito usado em cosméticos. Exemplo disso são os tratamentos capilares a base de alecrim.

O óleo retirado a partir de suas folhas é capaz de ajudar no combate a queda e a caspa, pois age diretamente no couro cabeludo restaurando-o. O chá também pode ser usado como spray diretamente nos cabelos.

Pode ajudar no combate à depressão

Após alguns estudos realizados no Brasil, na Faculdade de Santa Catarina, foram analisados os efeitos da planta como agente no combate à depressão.

No estudo foram comparados os efeitos de um medicamento já utilizado no tratamento da depressão com o extrato de alecrim. Os resultados chegaram a apontar que os efeitos do alecrim se assemelharam com o da fluoxetina, um remédio antidepressivo.

O que achou da matéria sobre como plantar alecrim? Se gostou, confira também: Como plantar rosa do deserto – Ambiente para plantar e cuidados

Imagens: Jornal da Fronteira, Blog da Bella Falconi, GreenMe, Ciclo Vivo.

Fontes: Hortas Info, Vamos Comer Melhor, Ecycle, Ciclo Vivo.