Espécies

Grama preta – Como utilizar esse tipo de vegetação no jardim

A grama preta é um dos tipos de vegetações mais utilizadas em jardins como forrações do solo, tendo grande valor ornamental.

Por Rafaela de Almeida

Uma das tendências no paisagismo é a utilização da grama preta, ou Ophiopogon japonicus. Também conhecida como pelo de urso, é uma planta de origem asiática, que, diferente das gramas que são mais conhecidas como a são Carlos, bermuda ou a esmeralda, possui uma coloração mais escura, sendo esse o seu principal diferencial.

Além disso, uma das características mais marcantes desse tipo de planta são as folhas, isso porque são mais estreitas e alongadas. Essa característica acaba deixando a planta com um aspecto extremamente elegante em seu jardim, canteiro, corredor, dentre outros espaços disponíveis.

Podendo ser utilizada de diversas formas, em conjunto com outras plantas, forragem de grandes espaços, criando contrastes com outros tipos de plantas e decorações em tons de verdes ou até mesmo com cores completamente opostas para criar um efeito de destaque. As possibilidades são inúmeras, basta colocar a criatividade dentro do seu projeto e se divertir durante o processo. 

Características da grama preta

A grama preta é facilmente encontrada e um dos seus atrativos é o seu valor, custando em média 30 reais o metro quadrado, valor esse que pode ter grandes variações, dependendo da região em que você se encontra e do fornecedor do produto. Então, é sempre bom pesquisar antes de efetuar a compra. 

Grama preta: como utilizar esse tipo de vegetação no jardim
Fonte: HM Jardins

A sua comercialização ocorre em formato de placas ou mudas. Além do seu preço amigável, a grama preta não exige grandes manutenções e pode ser facilmente plantada. O seu crescimento é extremamente rápido horizontalmente o que pode gerar alguns empecilhos, por isso é interessante tomar cuidado durante o plantio.

Esse tipo de grama tem facilidade em se desenvolver, principalmente quando se encontra em um clima propício. O clima ideal para se desenvolver apresenta baixa umidade e temperaturas mais altas.

Tipos de grama preta

Existem dois tipos da grama preta, a comum e a anã, conhecida também como grama preta mini. Dessa forma, a principal diferença entre esses dois modelos é o seu tamanho, o modelo mini tende a ficar mais próximo do chão. Além disso, suas folhas possuem um comprimento inferior, não possuindo uma aparência tão macia quanto o modelo comum.

Como plantar grama preta?

Para plantar grama preta, com as mudas em mãos e o terreno devidamente adubado, basta abrir alguns buracos no chão e inseri-las. Além disso, certifique-se que a raiz esteja completamente coberta e que estes buracos não sejam tão fundos.

Grama preta: como utilizar esse tipo de vegetação no jardim
Fonte: eColheitas

Feito isso, regue toda a área, evitando encharcar o solo. Essa planta se adapta melhor em lugares úmidos e as melhores épocas para o seu plantio são o outono e primavera.

Principais cuidados

A grama preta não precisa de muitos cuidados especiais durante a sua manutenção, não exigindo ser cortada com frequência. Contudo, por se expandir facilmente na horizontal, é necessário observar para que ela não cresça em lugares indevidos e promover a poda se necessário.

Fonte: Guia de Como Plantar

Um ponto muito importante é que esse tipo de planta não atura ser pisada, por isso, não deve ser plantada em locais que têm fluxo intenso de animais ou pessoas. Dessa forma, canteiros e pequenas ilhas são locais recomendados.

A grama preta é o tipo de planta que permite ser irrigada com frequência, mais ou menos a cada dois dias. Destaca-se a importância de não deixar o solo encharcado, pois pode ser nocivo à grama. Já quanto ao processo de adubação, deve ocorrer pelo menos uma vez a cada seis meses.

Grama sintética como outra alternativa

Gostou da grama preta e quer ter ela na sua casa, mas não quer se aventurar no plantio? Uma alternativa que promove a mesma solução estética é a utilização da grama sintética, pois assim como os outros modelos de grama essa possibilidade exige menos esforço e cuidados.

Grama preta: como utilizar esse tipo de vegetação no jardim
Fonte: Casa e Festa

A grama sintética é resistente aos intemperismos físicos, como as alterações de temperatura e a chuva. Sua manutenção se dá pela lavagem da grama com sabão neutro e água. Além de servir como resguardo contra incêndios, uma vez que seu material impede a disseminação do fogo.

Curtiu esse post? Se você gostou, veja algumas plantas fáceis de cuidar em casa.

Fontes: Viva Decora, Tua Casa, Decor Fácil.

Imagens: Natuflora, Tua Casa, HM Jardins, Total Construção, eColheitas, Guia de Como Plantar, Casa e Festa.