Como Plantar

Como plantar salsa: cuidados para o plantio e passo a passo

Plantar salsa, assim como a maioria dos temperos e hortaliças, é muito simples. Além disso, ela não requer muitos cuidados durante o cultivo.

Por Rafaela de Almeida

-

A salsa é um dos temperos mais comuns em países ocidentais, além de possuir a capacidade de acentuar os sabores dos pratos. Uma de suas vantagens é a facilidade em seu cultivo, isto é, não existe dificuldade ao plantar salsa. Além disso, uma planta como essa disponível em sua casa pode se tornar uma grande aliada em suas jornadas gastronômicas. 

Além da salsa, onde o seu consumo está mais voltado para as suas folhas, existem alguns tipos da planta que produzem raízes que podem ser consumidas. Nessa variedade de salsa é formada uma raiz semelhante a uma cenoura, porém branca e de sabor mais intensificado. Assim como as cenouras, as salsas desse tipo podem ser consumidas tanto cruas como cozidas.

De origem europeia, essa erva aromática deve ser consumida com moderação por gestantes. Isso porque, há presença de ácido oxálico em suas folhas. Portanto, tenha isso em mente caso você esteja cozinhando para alguma mulher grávida.

Enfim, vamos aprender como plantar salsa em casa para ter essa especiaria sempre a disposição para suas receitas.

Indicações para plantar salsa

Como plantar salsa: cuidados durante o plantio e passo a passo
Fonte: Onodera Estética

É necessário identificar o melhor local e condições climáticas para plantar salsa orgânica em ambientes domésticos. A salsa, ou salsinha, deve ser plantada em locais de clima moderado, dessa forma com temperaturas que se encontram na faixa de 10° a 22°C.

Quando cultivadas em ambientes muito quentes, prefira deixar os vasos ou jardineiras na sombra. No entanto, a planta deverá receber luz solar no mínimo 4 horas por dia e estar protegida da luz nos horários onde o sol é mais forte.

Quanto ao solo, para plantar salsa é preciso solo rico em matéria orgânica para poder crescer. Além disso, é preciso ressaltar que o solo necessita de uma grande capacidade de drenagem, impedindo o acúmulo de água. Por serem plantas altamente adaptáveis é possível que ela se desenvolva em locais onde o solo é mais pobre, porém o ideal é que ele tenha o pH entre 5,5 e 6,7.

Como plantar salsa: passo a passo

Fonte: Ciclo Orgânico

Então, agora que você já sabe o que é necessário para cultivar essa planta, é hora de aprender o passo a passo de como plantar salsa:

  1. Com as sementes em mãos, deixe-as descansar por 24 horas em um recipiente com água.
  2. Feito isso, em um pano você irá deixar as sementes secarem, geralmente esse processo dura em média 1 hora.
  3. Em seguida, preencha o vaso com terra ideal para o plantio e coloque as sementes. Um ponto importante é que pode demorar algum tempo até que você possa ver a salsa na terra. Contudo, não precisa se preocupar, é completamente normal, isso porque, o processo de germinação dessa planta é mais lento.
  4. Agora, é preciso manter o substrato da salsa sempre úmido, nunca encharcado. Afinal, com o alagamento do solo é comum o surgimento de organismos indesejados como os fungos, que podem levar à morte da planta.

O ideal é que a planta não floresça, caso o seu objetivo seja a utilização da salsinha na culinária. Portanto, fique sempre observando e ao surgir as flores, corte-as o mais rápido possível.

Uma outra opção  é a preparação de um segundo vaso e quando as primeiras flores aparecerem, permita que as sementes delas caiam nesse segundo vaso.

Colheita e cuidados com ervas daninhas

Como plantar salsa: cuidados durante o plantio e passo a passo
Fonte: Decor Fácil

Depois de plantar a salsa, o processo de colheita poderá ocorrer assim que a planta alcançar uma altura suficiente, isto é, que seja em média 14 centímetros. Isso pode demorar cerca de 60 a 90 dias após o plantio.

Ao colher, lembre-se de sempre retirar a folha com o seu talo e dê preferência para as folhas que se encontram na porção externa. Além disso, tente manter cerca de 70% de suas folhas, para que você possa desfrutar da salsa durante o ano todo.

Além disso, ao menor surgimento de plantas indesejadas junto de sua salsa, retire-as, pois elas estarão usufruindo dos nutrientes e sais minerais que estavam destinados a salsinha. Isso porque, a não retirada pode levar a insuficiência de nutrientes e a planta não irá crescer da melhor forma possível.

Se você curtiu esse post, você pode gostar de saber quais plantas são seguras para gatos.

Fontes: Ciclo Vivo, Hortas Info, Canal Rural, CPT.

Imagens: Notícias ao Minuto, Menu do Dia, Onodera Estética, Ciclo Orgânico, Mundo da Nutrição, Agricultura e Mar, 1001 Ideais. Decor Fácil